Os intensos acontecimentos prato cheio para o mundo televisivo  

Postado por @andersitebrasil tornando o impossível aceitável



2011 na "balança" do bom e do ruim, pesou para o lado ruim, grandes tragédias marcaram o inicio deste ano.
Grandes enchentes em São Paulo, seca no região sul, tragédia na Austrália,Rio de Janeiro, Japão e os intensos conflitos no oriente médio principalmente no Egito e Líbia. Formando assim uma forte fonte de noticias para o sensacionalismo.
Um grande show é o que vemos na tela da TV, com sensacionalismo 24HRS, começou com São Paulo e suas enchentes e as redações loucas correndo atrás do melhor furo, depois veio as enchentes da Austrália junto com o Rio de Janeiro em uma tragédia que jamais tinha acontecido antes, outra loucuras nas redações e programas de TV.depois vem conflito no oriente médio, mostrando um povo que cansou de ser dominado e que queria ter a sua liberdade de expressão.
Logo após vem a tragédia no Japão que parou o mundo, as emissoras esqueceram a Libia,fazendo seu louco ditador pinta e bordar com aquela região, já que o mundo estava com os olhos em outro lugar.
O que venho falar aqui é se a Mídia mostra  hoje, o que o público realmente quer, ou se ela quer ditar as regras do que é melhor para gente, ou para ela mesma, ou até mesmo ver quem faz a melhor reportagem em uma tragédia, neste caso entrando no sensacionalismo, que ao invés de mostra o que o povo precisa, a mídia sensacionalista vem , é querer ter audiência, mostrando os maiores absurdos, observando quem está tendo maiores flashs ao vivo, quem tem mais correspondentes internacionais, ou helicópteros ao vivo.
São tantas fontes para se mostrar que ele ficam loucos sem saber, ou sem escolher o que mostrar,o que dá mais audiência, o que vai arrancar a atenção do público, realmente 2011 foi um presente de deus grego para a mídia sensacioalista.


O sensacionalismo as vezes é tão insuportável que o próprio telespectador fica estressado, pois liga a televisão e  assisti determinado assunto, troca de canal a mesma coisa, no outro canal também e assim por diante, a pessoa fica sem opção, porque eles querem audiência  e não nossa atenção,atenção só mesmo para seu público não se desligar deles, e não para ver a prestação de serviço que eles deveriam nos servir.
Temos que reconhecer mesmo no sensacionalismo que fala mais alto, aqueles que diante de  toda pressão da equipe de produção, chefe de jornalismo, passam realmente o que o povo necessita, sempre tentam denunciar o que esta errado, reivindicam o direito do povo, mostra tudo de um jeito claro e preciso, nossos parabéns a esses que resistem a tudo e a todos e que realmente são jornalistas, ou carinhosamente a voz do povo.

This entry was posted on 18:15 and is filed under . You can leave a response and follow any responses to this entry through the Assinar: Postar comentários (Atom) .

0 comentários

Ocorreu um erro neste gadget